Tiroteio em boate deixam um morto e pelo menos 14 feridos nos EUA

Ação da polícia após tiroteio em Cincinnati. Direito de imagem BBC Sport
Image caption A polícia afirma que a situação era caótica após o tiroteio na Cameo Nightclub

Uma pessoa morreu e pelo menos 14 ficaram feridas após um tiroteio em uma boate em Cincinnati, nos Estados Unidos.

De acordo com a polícia, uma briga entre alguns homens que estavam na Cameo Nightclub se agravou e houve troca de tiros entre os responsáveis, que continuam foragidos.

Segundo o chefe da polícia local, Eliott Isaac, um homem de 27 anos morreu no local e várias pessoas tiveram ferimentos graves - uma delas corre risco de vida.

"Diversos homens se envolveram numa briga dentro do bar, a tensão aumentou e vários deles atiraram", disse.

Direito de imagem CPD
Image caption A polícia ainda não sabe a motivação do crime

Ainda de acordo com o policia, apesar das revistas de segurança, várias armas de fogo foram levadas para dentro do estabelecimento pelos clientes. Os investigadores ainda tentam identificar os atiradores.

De acordo com o prefeito da cidade, John Craley, não há indícios de que o incidente estaria relacionado ao terrorismo.

A capitã da polícia Kimberly Williams disse que não há boas descrições dos atiradores já que as testemunhas estão relutantes em cooperar com os policiais.

"Ainda não estão as claras as motivações do tiroteio", afirmou.

O tiroteio ocorreu por volta de 01h da manhã, horário local (03h da manhã em Brasília), quando centenas de pessoas estavam na boate.

Direito de imagem AP
Image caption Centenas de pessoas estavam na boate no momento do tiroteio

A capitã descreveu a situação como "caótica" após o incidente.

O crime ocorre menos de um ano depois que o atirador Omar Mateen abriu fogo em uma boate gay em Orlando, na Flórida, deixando 49 pessoas mortas no maior tiroteio em massa da história dos EUA. Tiroteio em boate deixa um morto e pelo menos 14 feridos nos EUA