A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

General explica as estratégias do COB na busca por medalhas

O COB montou uma estratégia para preparar o Time Brasil que tem alguns paralelos com uma operação militar – em termos de elevado número de detalhes e fatores condicionantes –, explica à BBC Brasil o general Augusto Heleno Ribeiro Pereira, que dirige o Instituto Olímpico (órgão educacional do COB) e o departamento de Comunicação e Educação Corporativa da entidade.

Antes de ir para a reserva, Heleno foi o primeiro brasileiro a comandar a missão de paz da ONU no Haiti e passou por uma série de postos na cúpula do Exército.

Ao deixar a entidade em 2011 foi convidado por Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB, para trabalhar em sua equipe devido entre outros fatores à sua capacidade de gestão e a uma grande experiência com esporte – o general já havia chefiado o Centro de Capacitação Física do Exército, órgão que auxilia na preparação de atletas militares.

Ele conta à BBC Brasil como o COB está preparando o Time Brasil para atingir uma meta ambiciosa: fica entre os 10 maiores ganhadores de medalhas da Rio 2016.

Tópicos relacionados