BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Saúde & Tecnologia
11 de julho, 2002 - Publicado às 07h21 GMT
Mais antigo crânio de ancestral do Homem é descoberto
O sahelantropus foi descoberto na África
O sahelantropus foi descoberto na África

Um crânio de um hominídeo está sendo considerado a mais importante descoberta do tipo desde que o primeiro esqueleto de australopitecus (o ancestral mais conhecido do Homem) foi encontrado nos anos 20 na África.

O crânio, batizado de Sahelantropus tchadensis, foi localizado no deserto de Chade, na África, por uma equipe internacional de cientistas.

Segundo as estimativas, o fóssil tem sete milhões de anos - dois milhões a mais do que os mais antigos fósseis de hominídeos já descobertos pela Ciência como o ardipitecus, descoberto no Quênia.

"Estava procurando por isso há 25 anos", emocionou-se Michel Brunet, da Universidade de Poitiers, na França, um dos envolvidos na descoberta.

Análise

As características do crânio, segundo os cientistas, acabam definitivamente com a idéia de que existiu apenas um "elo perdido" entre os seres humanos e os chimpanzés, e que a separação entre as duas espécies pode ter começado antes do que o imaginado.

Segundo Tim White, da Universidade da Califórnia em Berkeley, apesar de o corpo e o cérebro do hominídeo encontrado ser do mesmo tamanho do que os dos chimpanzés, seu rosto era completamente diferente, mais próximo ao dos seres humanos.

"Olhando de trás, o hominídeo parece um chimpanzé. Mas de frente ele se assemelha aos hominídeos que conhecemos", avalia White.

A análise do crânio ainda não está completa, mas os pesquisadores já sabem que o material é uma intrigante combinação de traços antigos e modernos.

Henry Gee, um dos autores da descoberta, que será publicada nesta quinta-feira na revista Nature, disse que o fóssil comprova como o processo de evolução do homem foi complexo.

"O fóssil nos mostra que não houve uma progressão continua e sem surpresas dos hominídeos antigos para que o que somos hoje", explicou Gee.

"É inacreditável termos descoberto um crânio tão maravilhoso e tão velho", completou o cientista.

O crânio pertence a uma época na qual criaturas que antecederam os seres humanos não haviam se separado completamente da linhagem da qual faziam parte os chimpanzés.

Nessa época, havia poucos homonídeos habitando o planeta, e a maior parte deles nunca foi fossilizada.

Por isso, é muito difícil para os cientistas estabelecerem qualquer processo de evolução entre 10 milhões e 5 milhões de anos atrás.

Os cientistas esperam que a descoberta ainda gere bastante debate sobre a origem da espécie humana.

O fóssil de Sahelantropus tchadensis pode tanto corresponder a um ancestral direto do homem, como também a uma espécie paralela à arvóre genealógica humana.

"Nós podemos esperar por uma série de surpresas", completa Henry Gee. O Sahelanthropus tchadensis recebeu o apelido de Toumai - nome dado às crianças que nascem durante a estação mais seca de Chade.
 
   PNEUMONIA
Tire suas dúvidas sobre a Síndrome Respiratória Aguda Grave.
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias do dia por e-mail.







Notícias relacionadas:
09 de janeiro, 2001
  DNA de fóssil contesta teoria de que homem moderno veio da África
19 de janeiro, 2002
  Neandertais usaram 'cola para ferramentas'
Links externos:
Nature (em inglês)
Museu de História Natural (em inglês)
Evolução Humana (especial BBC)
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC