BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Saúde & Tecnologia
09 de agosto, 2002 - Publicado às 13h12 GMT
Preservar natureza dá mais lucro do que destruir, diz estudo
Transamazônica: queimada transforma floresta em pasto
Transamazônica: queimada transforma floresta em pasto

Preservar os recursos naturais do planeta é mais lucrativo do que explorá-los, indicam cálculos de cientistas americanos e britânicos.

Em um estudo publicado nesta sexta-feira na revista científica Science, os pesquisadores sustentam que US$ 250 bilhões são perdidos todo ano com a destruição de hábitats naturais.

Para chegar a esse valor, os cientistas se basearam em cinco casos de ecossistemas que foram adaptados para atividades produtivas.

Em todos os casos, os lucros ou vantagens obtidos com a transformação se mostraram muito inferiores ao valor que o ecossistema teria se permanecesse intacto. Segundo os pesquisadores, cerca de metade do valor de um ecossistema se perde quando ele é transformado pelo homem.

Surpresa

"Nós achávamos que os números seriam favoráveis à preservação, mas não nessa proporção", afirmou Andrew Balmford, professor da Universidade de Cambridge e um dos autores do estudo, que foi financiado pelo governo britânico e pela Sociedade Britânica para a Proteção dos Pássaros.

Os pesquisadores calculam que, desde a Rio 92, 1,1% dos ecossistemas vem sendo alterados a cada ano.

Segundo os pesquisadores, o valor econômico de um ecossistema pode ser avaliado de acordo com os produtos e serviços que ele provê.

Preservados, os ambientes fornecem à humanidade regulação climática, água potável, controle da erosão, água potável, além de plantas e animais para a alimentação.

Segundo os pesquisadores, apesar de ser difícil estabelecer o valor desses mecanismos, é possível fazer um cálculo de quanto custaria substituí-los.

Entre os cinco ecossistemas estudados pelos cientistas, estão uma floresta tropical de Camarões destruída para ceder lugar à agricultura e uma barreira de corais das Flipinas dinamitada para a pesca.

Em todos os casos, os lucros obtidos por aqueles que exploravam essas atividades eram cerca de 100 vezes inferiores ao valor que esse ecossistema teria para a humanidade se preservado.

De acordo com os cálculos dos cientistas, manter uma rede de global de reservas naturais custaria cerca de US$ 45 bilhões ao ano, investimento que daria um retorno estimado entre US$ 4,4 trilhões e US$ 5,2 trilhões.

Equívoco

Os cientistas acreditam que os benefícios da preservação são freqüentemente ignorados, principalmente por causa da falta de informação e da incapacidade dos mercados de avaliar o valor das vantagens oferecidas pelos habitats naturais.

Outro autor do estudo, o professor Robert Constanza - da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos - diz que a noção de que explorar é mais lucrativo do que preservar é um equívoco equivalente a uma empresa contabilizar despesas como lucros em seus balanços.

"A Enron e outras companhias se deram mal por causa de má contabilidade. Nós estamos fazendo a mesma coisa, contando a destruição como receita."
 
   PNEUMONIA
Tire suas dúvidas sobre a Síndrome Respiratória Aguda Grave.
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias do dia por e-mail.







Notícias relacionadas:
01 de janeiro, 1970
  Ambientalistas estão pessimistas para a Rio+10
23 de maio, 2002
  Terra será reflexo da ação humana em 2032
07 de junho, 2002
  Reunião preparatória para a Rio+10 termina em impasse
24 de junho, 2002
  Projeto tenta descobrir onde animais querem viver
Links externos:
Revista Science (em inglês)
Programa de preservação ambiental da ONU (em inglês)
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC