Ciência

Cientistas recriam dinâmica dos oceanos em laboratório

GALERIA DE IMAGNES: O OCEANO EM LABORATÓRIO

  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    O professor de oceaonografia Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá, conseguiu recriar a dinâmica dos oceanos em laboratório, usando uma plataforma rotatória de fluidos.
  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    A forma e a rotação da Terra são cruciais na dinâmica dos oceanos, e a plataforma de Afanassiev reproduz ambas. O centro seria o Polo Norte. Uma câmera registra esse “oceano” fluorescente de fluidos.
  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    Um filtro colorido acima da plataforma permite aos pesquisadores “codificar” a topografia da superfície líquida – os movimentos aparecem em diferentes cores. Aqui, uma onda ocorre abaixo da superfície em uma montanha submersa no fundo do tanque.
  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    Os pesquisadores recriaram uma onda de escala planetária conhecida como onda Rossby, que viaja do lado leste para o oeste do oceano. Aqui a onda, azul e verde, é vista a oeste da montanha-modelo.
  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    “Vórtices (movimentos espirais do líquido) são abundantes no oceano e comumente observados em imagens de satélite”, explica Afanassiev. Com seu experimento, esses movimentos podem ser reproduzidos e estudados em detalhes.
  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    O oceano tem um papel importante sobre o clima. Este experimento permite aos cientistas observar suas dinâmicas e medir com detalhes sua velocidade e direção. Os resultados podem ser usados para melhorar os modelos matemáticos de processos climáticos.
  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    As ondas de escala planetária também contribuem para a formação de jatos estreitos de água – semelhantes aos jatos de ar formados na atmosfera. Os jatos de água são mais suaves do que os da atmosfera, mas também podem ter um papel importante no clima.
  • Imagem de experimento do professor Iakov Afanassiev, da Universidade de Newfoundland, no Canadá
    O experimento canadense pode ajudar os cientistas a entender exatamente como os jatos de água são gerados pelas correntes costeiras. Aqui, vórtices são criados com a passagem de jatos instáveis em direção ao oeste.

Um professor de oceaonografia da Universidade de Newfoundland, no Canadá, conseguiu recriar a dinâmica dos oceanos em laboratório, com um experimento usando uma plataforma rotatória de fluidos.

A forma e a rotação da Terra são cruciais na dinâmica dos oceanos, e a plataforma montada pelo professor Iakov Afanassiev tenta reproduzir ambas.

Um filtro colorido acima da plataforma permite aos pesquisadores “codificar” a topografia da superfície líquida – os movimentos, mesmo muito pequenos, aparecem em diferentes cores.

O oceano tem um papel importante sobre o clima. Este experimento permite aos cientistas observar suas dinâmicas e medir com detalhes sua velocidade e direção. Os resultados podem ser usados para melhorar os modelos matemáticos de processos climáticos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.