Presidente da Apple anuncia que vai tirar nova licença médica

Steve Jobs
Image caption Jobs esteve afastado em 2009, quando passou por transplante

O presidente da Apple, Steve Jobs, anunciou nesta segunda-feira que vai tirar uma licença do cargo por motivos médicos - a segunda em dois anos.

Em um e-mail enviado aos empregados da companhia de tecnologia, responsável por produtos como o IPhone e o IPad, ele disse que está se afastando para se concentrar em sua saúde.

Ele ressaltou que continuará na Presidência e, mesmo afastado, irá participar de decisões importantes.

Mas a administração da companhia no dia-a-dia será transferida a Tim Cook, atual diretor de operações da Apple.

Em 2004, Jobs foi diagnosticado com câncer de pâncreas e,entre janeiro e junho de 2009, ficou oficialmente afastado da Apple por seis meses e se submeteu a um transplante de fígado.

Em seu e-mail, Jobs disse que pretende voltar ao trabalho o mais rapidamente possível.