Espaço

Estátua em Londres marca os 50 anos da ida de Gagarin ao espaço

Estátua de Gagarin/PA

A estátua foi cedida pela Agência Espacial russa

Uma estátua do cosmonauta russo Yuri Gagarin será instalada em Londres por um ano a partir de julho para marcar os 50 anos de sua viagem pioneira ao espaço.

A obra, com 3,5 metros de altura, feita de zinco e alumínio, é um presente da Agência Espacial Russa ao Conselho Britânico - entidade que representa a Grã-Bretanha culturalmente no exterior - como parte de uma série de eventos que comemoram o feito de Gagarin.

Ela ficará exposta na avenida The Mall, perto do Arco do Almirantado e de Trafalgar Square, no centro de Londres.

Gagarin entrou para a História no dia 12 de abril de 1961, quando deu a volta à Terra em 108 minutos à bordo da cápsula Vostok.

Logo depois, saiu em uma turnê mundial que incluiu a Grã-Bretanha, onde encontrou-se com o então primeiro-ministro, Harold McMillan.

Celebridade

Documentos confidenciais divulgados recentemente revelam que o governo britânico não sabia ao certo como lidar com a visita do russo.

O encontro teria sido arranjado às pressas, somente após os políticos se darem conta de que Gagarin era popular entre os britânicos.

Em entrevista à BBC, Andrea Rose, diretor de artes visuais do Conselho Britânico, disse:

"Ele não era apenas o homem mais popular do mundo ao retornar do espaço para a Terra", explicou Rose. "Também era a única figura famosa que não era estrela de cinema nem rei ou rainha, era um ídolo de raízes populares".

Inicialmente, o Conselho Britânico havia tentado emprestar da Rússia uma escultura de Yuri Gagarin, mas a maioria das obras era grande demais para ser transportada por navio.

A única estátua com dimensões adequadas estava instalada na cidade de Lubertsy, nos arredores de Moscou, onde Gagarin estudou na adolescência.

A cidade, no entanto, não estava muito contente em embarcar o original para Londres, e cedeu moldes da estátua para que fosse feita uma réplica.

"A original foi feita em 1984 para celebrar o que teria sido o 50º aniversário de Gagarin", disse Rose.

O cosmonauta morreu em um acidente de avião aos 34 anos.

"Ela mostra Gagarin de maneira bem típica", explicou. "Ele está vestindo uma roupa espacial, sua profissão está evidente. Ele está em pé sobre um globo e a trajetória de sua órbita está em torno dele"

Exposição e Filme

A obra será inaugurada em Londres no dia 14 de julho pela filha do cosmonauta, Elena Gagarina, diretora dos Museus do Kremlin.

A cerimônia é parte de uma série de eventos culturais que marcam os 50 anos da missão Gagarin.

Entre eles, estão uma exposição sobre a vida de Gagarin e o início do programa espacial russo, na sede do Conselho Britânico.

A BBC também vai participar, exibindo o filme First Orbit (Primeira Órbita, em tradução literal), em 17 telões em diferentes pontos da Grã-Bretanha.

Filmado na Estação Espacial Internacional e incluindo material de arquivo, o filme tenta recriar o que Yuri Gagarin teria visto ao orbitar a Terra meio século atrás.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.