Amy Winehouse vai a tribunal e se declara inocente de ataque a fã

Amy Winehouse chega ao tribunal
Image caption Esta não é a primeira vez que Winehouse tem problemas com um fã

A cantora inglesa Amy Winehouse compareceu a um tribunal em Londres nesta terça-feira onde se declarou inocente da acusação de ter agredido uma fã no centro da cidade em setembro passado.

O juiz da Corte de Westminster disse que a cantora, de 25 anos, será julgada em julho.

Winehouse foi indiciada por agressão por ter supostamente dado um soco em uma fã que pediu um autógrafo após um evento. A fã, Sherene Flash, de 30 anos, diz que Winehouse tinha concordado em posar para a foto, mas que, logo em seguida, a agrediu.

A cantora foi liberada sob fiança.

Esta não é a primeira vez que a cantora é acusada de agredir um fã. Em junho do ano passado, durante uma apresentação de Winehouse no Festival de Glastonbury, na Grã-Bretanha, ela teria dado uma cotovelada na testa de um rapaz depois que alguém na multidão jogou um chapéu na cantora.

A imagem foi registrada por um fã que gravava o show em sua câmera digital.

Nos últimos anos a artista, famosa por seu álbum Back to Black, vem aparecendo com frequência nas manchetes dos jornais por sua vida privada atribulada e dependência de drogas.