Milhares saem às ruas para comemorar o Carnaval de Notting Hill

Carnaval de Notting Hill
Image caption O carnaval do oeste de Londres tem um sabor caribenho

Centenas de milhares de pessoas se concentraram nos oeste de Londres neste domingo para participar do Carnaval de Notting Hill, que dura dois dias.

Estima-se que 1,5 milhão de pessoas compareçam à festa ao ar livre, que já está sendo considerada uma das maiores da Europa.

Dançarinas com o corpo coberto de chocolate e bonecos gigantescos do marinheiro Popeye se misturam a passistas com roupas coloridas e adereços que fazem um desfile na rua.

O principal desfile está marcado para segunda-feira e, embora tenha contado com a participação de brasileiros ao longo dos anos, traz forte influência caribenha.

A festa anual atrai muitos turistas. Marco Figueiredo, de 32 anos, viajou de Lisboa para Londres para participar da festa. "Eu esperava mais gente mas a música tem sido excelente", afirmou.

"Se não fosse pelo clima (frio), iria dar um pouco a sensação de Rio."

As bandas com som caribenho são as mais numerosas e o sistema de alto-falantes toca de soca, calipso e reggae a hip-hop jazz e soul music.

Barracas improvisadas vendem petiscos de todo o tipo. "Você tem comida de todas as ilhas (do Caribe), assim como africana e chinesa, grega e marroquina", disse uma das organizadoras da festa, Ruth Thomsett.

Cerca de cem monitores, funcionários da administração do bairro e policiais fiscalizam que a música não exceda o limite de 135 decibéis.

A polícia prendeu várias pessoas na semana anterior ao evento, mas disse que a festa começou pacificamente. Até agora 21 pessoas foram detidas durante o carnaval. No ano passado, no primeiro dia do evento, pelo menos 108 foram presas.

Os policiais patrulham a área e realizam operações de revista para tentar impedir a ação de gangues.