Justin Timberlake consegue ordem de restrição contra 'fã obcecada'

Justin Timberlake
Image caption Timberlake seria uma das estrelas de um filme sobre o Facebook

O cantor americano Justin Timberlake conseguiu uma ordem de restrição temporária contra uma mulher descrita por seu advogado como uma fã "obcecada e mentalmente perturbada".

Segundo documentos apresentados à Justiça de Los Angeles, Karen McNeil, de 48 anos, invadiu a casa de Timberlake pela terceira vez na semana passada e seu comportamento está "se tornando cada vez mais sinistro, invasivo e ameaçador".

Ela foi ordenada a não chegar a menos que 100 jardas (91 metros) de Timberlake.

McNeil, que seria uma sem-teto, foi colocada em uma instituição psiquiátrica após o incidente da última quinta-feira.

'Comportamento assustador'

A mulher entrou duas vezes na casa do cantor em junho e em um dos episódios deixou uma carta descrita como "bizarra".

"A conduta cada vez mais agressiva e perturbadora de McNeil tornou-se extremamente assustadora", segundo a ordem legal, acrescentando que "Timberlake teme por sua segurança pessoal, assim como a de sua família e funcionários".

O juiz David Cunningham ainda decidirá em novembro se vai conceder uma ordem restritiva de três anos contra a fã.

Justin Timberlake, de 28 anos, já venceu diversos prêmios Grammy por músicas como SexyBack e Cry Me a River e tem participado cada vez mais de filmes.

Notícias relacionadas