Carta de George Washington é leiloada por 5,4 milhões

Carta de George Washington
Image caption Carta de George Washington pede adoção de Constituição.

Uma carta escrita pelo primeiro presidente americano, George Washington, foi leiloada nesta sexta-feira por U$ 3,2 milhões (cerca de R$ 5,4 milhões).

O valor conseguido pela casa de leilões Christie’s, em Nova York, foi o maior já obtido por uma carta escrita por Washington.

A carta, de quatro páginas, foi escrita em 1787 para o sobrinho do presidente, Bushrod Washington, e apela pela adoção da nova Constituição do país.

Segundo a Christie’s, a carta pertencia a descendentes de Bushrod Washington por mais de cem anos. O comprador não foi identificado.

Na carta, o então presidente diz a seu sobrinho – que era membro da convenção estadual de ratificação do Estado da Virgínia – que a Constituição, que tinha sido escrita havia dois meses, era a chave para unir os territórios recém independentes.

“O poder sob a Constituição será sempre do povo”, escreveu Washington

O recorde anterior para uma carta de Washington havia sido de U$ 834 mil (R$ 1,4 milhão) em 2002.

Também foi leiloado um poema inacabado de Edgar Allan Poe, que atingiu U$ 830, o recorde para um manuscrito literário do século 19.

Uma cópia rara do primeiro livro de Poe foi vendida por U$ 662, o valor mais alto já pago a um livro de poesia do período.

Sabe-se da existência de apenas 12 cópias do livro Tamerlane e Outros Poemas, que foi publicado em 1827 com 40 páginas.

Notícias relacionadas