Gravadora se desculpa por Boy band que usou uniformes nazistas

Kishigan/AFP Direito de imagem BBC World Service
Image caption A popular banda japonesa é famosa por usar uniformes

A gravadora de uma popular boy band japonesa pediu desculpas após os cantores terem aparecido em rede de TV nacional fantasiados de nazistas.

Os seis integrantes da banda Kishidan apareceram vestidos com os polêmicos uniformes em uma entrevista à MTV.

Os garotos do Kishidan são famosos por usar uniformes de estudantes, mas a aparição do dia 23 de fevereiro gerou uma reclamação do Centro Simon Wiesenthal, grupo judaico de defesa dos direitos humanos.

A gravadora da banda, a Sony Music Artists, disse que não havia significado ideológico nas vestimentas.

"Embora não tivesse a intenção de ter qualquer significado ideológico, lamentamos profundamente e pedimos perdão ao centro Simon Wiesenthal e todos os interessados pelo desconforto causado", afirmou a gravadora.

Em dezembro, outra denúncia do centro Simon Wiesenthal levou uma grande loja de departamentos japonesa a parar de vender um uniforme nazista para festas.

Em 2007, uma escola na Tailândia se desculpou por um desfile para celebrar o dia dos esportes no país que tinha como tema o nazismo, após estudantes realizarem a tradicional saudação feita por Adolf Hitler.

Notícias relacionadas