BBC Online Network Fale com a gente
O Mundo Hoje
Especial
BBC e Você
Ivan Lessa
Sobre a BBC
Aprenda inglês

BBC Rádio
Programação
De Olho no Mundo
Como sintonizar
BBC e Você

Fórum:
O fim do comunismo marca uma nova era?

Dez anos depois da queda do muro de Berlim, o comunismo foi varrido do leste europeu e tem cada vez menos adptos no resto do mundo. Para muitos, após o fim da Guerra Fria, o mundo entraria numa nova era, de paz, prosperidade e liberdade. Uma década depois, você acha que esses ideais foram alcançados? O capitalismo melhorou o padrão de vida das pessoas? E a democracia? Ela trouxe mais bem-estar social e estabilidade política?

Qual a sua opinião? O que o fim do comunismo significa para você?

Sua opinião


Fim de quê? Comunismo? Onde? Vivemos em uma era de desiguadades e exclusão. Era uma vez os sonhos. Era um vez a possibilidade de opções multiplas.
Edson, Rio de Janeiro

Quem disse que ele acabou?
Augusto G., São Paulo

Sim, e pior. O comunismo (não vamos entrar no mérito se era bom ou não) funcionava como contrapeso à devastadora ação do capitalismo transnacional. Sem o freio do comunismo, o capitalismo mais parece cavalo doido sem controle pisando na cabeça de pelo menos quatro quintos da população mundual.
Sâmir Miranda, Rio de Janeiro

Capitalismo, socialismo, democracia, ditadura, comunismo, todos farinhas do mesmo saco. Qual o povo que está satisfeito em algum desses regimes?
José Siqueira São Paulo

Será que a Humanidade está feliz com este sistema, que a pretexto de liberdade e outros axiomas, aumenta a pobreza, corrompe os homens, lança uma competição desigual, camuflada de truques mercadológicos e deságua no ódio entre os seres humanos? Será que é isto, que temos visto todos os dias, o ambiente que queremos ver nossos filhos viverem? O socialismo, como muitos pregam, não acabou, por ser a melhor conjunção de idéias humanistas da humanidade! O socialismo vencerá!!
Marcos Reis Rondonópolis, MT

Prove-me alguem que a democracia existe na sua plenitude em algum lugar do mundo! Prove-me alguém que o capitalismo, aquele das liberdades individuais, de fato respeita o preconizado ainda na Revolução Francesa, ou por Toqueville, no caso dos EUA! Antes de alguém ousar afirmar que o mundo se encerra nas sombras da livre iniciativa dos monopólios - ha,ha, ha, ha - , prove-me que a mão abençoada da democracia capitalista é capaz de resolver os problemas sociais da humanidade! Quero ver para crer!
Paulo Tedesco Pinto, Caxias do Sul, RS

"Mutatis Mutandis", vou tentar sintetizar a utopia comunista,fazendo uma analogia. O regime comunista está para um contexto empresarial assim como o "lucro"está para o "tesão". Num relacionamento sexual sem o tesão, pode até acontecer, porém com certeza será frustrante. Na mesma linha de raciocínio, uma empresa funcionando sem ter lucro, pode até subsistir por algum tempo, porém irá sucumbir mais cedo ou mais tarde. Moral da história: os comunistas não acreditaram no lucro...
Jeo Bruno, São Paulo

Não, os ideais de melhoria de qualidade de vida não foram de fato alcançados nestes dez anos, período dentro de um outro período maior de extinção formal de regimes ditatoriais na América do Sul e em algumas outras partes do Mundo, que tiveram fortes reflexos na vida política mundial. Temos um mundo de economia de mercado especialmente marcado, nos últimos 20 anos, por especulações de toda origem face a fatos de diversos países, inclusive do Brasil, e constatado que as sociedades em que vivemos têm muito o que aprender para não viver prejuízos que hoje vivem devido a negligências e brincadeiras com a vida, individual e social. Governos, "per se", são particularmente responsabilizáveis, e gravemente, pela parte que assumiram e não responderam satisfatoriamente... .
Tarcísio Santos de Salles, Mineiros, GO

Socialismo ou Barbárie !!! são tantas as diferenças sociais e culturais no mundo hoje, que é impossível imaginar a ausência de regimes políticos firmes e atuantes no controle da migração populacional e controle ambiental.
Eneas Neto, São Paulo

Sinto que, em qualquer desses regimes, os ricos continuam mais ricos e os pobres mais pobres, sendo que toda vez que é trocado um pelo outro, se tem a falsa sensação de que começa uma nova era e que os implantadores irão se preocupar com a coletividade, mas no entanto o que se vê é só descaso. Na realidade, a maioria das pessoas não os sabem diferenciar, ficam apáticas ou se robotizam.
Francineth Damasceno, Fortaleza - CE

Entramos em uma nova era, onde os povos viverão mais irmanados e mais conscientes de sua participação no contexto social. Essa nova consciência fará com que a humanidade não mais aceite o domínio pela violência, desvecilhando-se de uma vez para sempre de toda e qualquer idéia despótica, bem como dos chamados líderes carismáticos que as propagam. Essa nova era acabará com todo o preconceito, seja em função das pessoas, seja em função das idéias. O poder da comunicação livre, mais imediato e mais verdadeiro, vai ser o maior fator para a sustentação dos novos ideiais. As novas conquistas científicas, bem como a exploração do espaço cósmico colaborarão fortemente, para que a humanidade caminhe daqui para a frente, mais unida e mais consciente de sua missão neste mundo.
Antonio Castilho, Rio de Janeiro

O que estamos vivenciando hoje é um momento de transição de ideologias, onde o capitalismo continua avançando pelo mundo, mesmo mostrando que suas doutrinas também não passam de ilusão. O comunismo, assim como outros sistemas, possuía lógicas bem estruturadas, mas a influência negativa dos homens em mudar o rumo dos planos em benefício próprio e não de toda a sociedade distorce as metas e os objetivos de qualquer sistema. Se soubermos aproveitar os pontos positivos de todas essas doutrinas, certamente encontraremos o ponto de equilíbrio para o nascimento de um novo modelo sócio-econômico, mais humano e estável para toda a população mundial.
Gilson Müller, Brasília

Que me desculpe a BBC, mas o forum parte de uma interrogação já marcada por um erro: o que morreu, se assim podemos chamar, foi o comunismo, o socialismo marxista com "interpretação" russa. O socialismo em si apenas passou por uma fase, totalmente natural, de evolução. Floresce cada dia mais a ideologia Anarquista; as religiões, que apesar de um certo X neste assunto, pregam um socialismo brando. Certas coisas nunca morrerão. O comunismo EVOLUIU, aprimorou-se e certamente ainda ouviremos sobre muitos países que ainda voltarão a utilizar este sitema de governo, mas certamente também de uma forma diferente. Afinal de contas, o modelo russo, como todos percebemos, faliu. Mas não morreu!
Paulo R. Arnaldo, Limeira, SP

Entendo que devemos assimilar os pontos positivos do comunismo e os pontos negativos do capitalismo devem ser reavaliados. Quanto à democracia, não chegamos à sua plenitude.
José Luiz Gomes Vieira, Porto Alegre

A queda dos ideais comunistas trouxe, tão somente, o agravamento das relações entre países do norte e sul, provenientes de uma nova ordem político-econômica, sendo que os primeiros estão em pleno domínio, liderados pelos EUA. E os últimos? Bem, esses que outrora,já estavam subordinados e decadentes, hoje não possuem expectativas, somente miséria, miséria e miséria...
Wagner Saback Dantas, Salvador-BA

Concordo completamente com Luiz Tomazella. E pergunto a Fábio Galvão Parada: a guerra entre ricos e pobres é a luta de classes que termina na revoluçao comunista.
Juliano, São Paulo

O fim do comunismo trouxe o fim da guerra de doutrinas e irá acentuar a guerra entre ricos e pobres. A democracia é boa mas ainda elege uma maioria de ricos que também dominam a Justiça na maioria dos países pobres e com isso os avanços sociais rumo à liberdade ficam comprometidos.
Fábio Galvão Parada, São Paulo

O Fim do Comunismo é fruto do nascimento das condições para seu surgimento verdadeiro. O Comunismo que passou foi o maior e melhor sofisma que a modernidade criou. Para Marx, o Comunismo só teria condições de implementação quando o mercado torna-se internacional (mundial) e a competição gerasse luta entre tão poucas empresas com possibilidades de expansão tao ínfimas que a derrocada traria a necessidade de controle social. E é isto que está acontecendo, cada vez menos empresas conseguem se manter no mercado a não ser por fusão, e cada vez mais a sociedade civil exerce maior controle sobre elas. A necessidade de controle ambiental e pacificação mundial aliado a poucas empresas que necessitarão de paz e estabilidade para crescer são os componentes básicos (que já estao se influenciando) para o desenvolvimento do Comunismo.
Luiz Tomazella, SP


 
Links relacionados

10 Nov 99 | Fórum
Fim do comunismo: uma nova era?

10 Nov 99
Festa em Berlim marca aniversário da reunificação

09 Nov 99
Alemanha celebra 10 anos da Queda do Muro

09 Nov 99 |Em imagens
As imagens de 1999

09 Nov 99 |Em imagens
As imagens de 1989

 

 

    Para cima    
© BBC World Service
Bush House, Strand, London WC2B 4PH, UK.
Notícias e áudio em 43 línguas
s