A ‘vovó do Kung Fu’ que virou sensação da internet na China
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

A 'vovó do kung fu' que virou sensação da internet na China

De frágil, Zhang Hexian tem apenas a aparência.

Aos 93 anos, a chinesa se transformou em uma sensação internacional depois de um vídeo em que ela praticava kung fu ter circulado pela internet.

Apesar da idade avançada, ela treina todos os dias e cuida sozinha de tarefas caseiras como carregar lenha e cozinhar.

Hexian começou a praticar o kung fu a partir dos três anos de idade, em uma época conturbada na China.

"Havia muita gente má, mas quem soubesse kung fu era capaz de subjugá-las", contou a idosa à BBC.

"Hoje, eu treino para me manter ativa e saudável."

Hexian vive em uma região rural da província de Zhejiang, no sudeste da China. Ela é cristã, mas perguntas ligadas a sua fé foram vetadas pelos agentes do Partido Comunista Chinês que acompanharam a equipe de reportagem da BBC.

A idosa diz temer pelo futuro do kung fu, e afirma que sua família pratica a arte marcial há 300 anos. Mas seus netos, diz ela, estão mais interessados em prestar atenção a smartphones e outras tecnologias.

Tópicos relacionados