Qual é a obra de arte mais reproduzida do mundo?
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

A obra de arte mais reproduzida do mundo

A xilogravura do artista japonês Katsushika Hokusai “A Grande Onda” é reconhecida como uma das imagens mais reproduzidas do mundo - ou seria a mais?

Angus Lockyer, professor de História Japonesa da Universidade de SOAS, em Londres, defende a segunda hipótese, dizendo que “A Grande Onda sobre Kanagawa”, seu nome completo, é “a imagem mais popular da nossa época”.

A obra mostra uma onda monstruosa prestes a engolir três barcos de pesca e suas tripulações.

No horizonte, aparece o Monte Fuji, diminuído diante da imensa onda.

Hokusai criou a imagem aos 70 anos de idade - ela faz parte de sua série sobre o Monte Fuji.

A xilogravura foi feita usando pranchas de madeira, e muitas impressões foram feitas.

Quando "A Grande Onda" foi publicada pela primeira vez, em 1830, o contato do Japão com outros países era muito regulado.

Apenas em 1859, sob a pressão dos Estados Unidos e outros países, o país abriu seus portos - foi então que as obras de arte japonesas começaram a ser exportadas para outros lugares, como a Europa.

As xilogravuras de Hokusai foram descobertas e celebradas por vários artistas europeus, como Van Gogh e Monet.

Além de se tornar uma das imagens mais icônicas sobre o poder do mar, a "Grande Onda" também inspirou a peça sinfônica La Mer, do compositor francês Claude Debussy.

Hoje, pode ser vista reproduzida nos mais diferentes objetos, desde capas de celular a roupas - e até em tatuagens.

Tópicos relacionados