Por que os leões têm juba? As curiosas perguntas da Universidade de Oxford para selecionar seus alunos de ciências

Leão Direito de imagem Getty Images
Image caption Candidatos a estudar biologia devem discorrer sobre os leões e sua juba

Se você pudesse salvar apenas um ecossistema, qual você salvaria? As selvas ou os recifes de corais?

Esta é uma questão complexa de solucionar. E não há resposta certa ou errada.

Tudo depende dos argumentos usados na justificativa.

É também uma das perguntas que os candidatos a estudantes de ciências na Universidade de Oxford, na Inglaterra, devem responder - após serem aprovados no processo de seleção - para garantir a vaga.

Não há resposta certa ou errada

A Universidade de Oxford é uma das instituições acadêmicas mais prestigiadas do Reino Unido. Portanto, não é fácil conseguir uma vaga.

No ano passado, por exemplo, de 45 mil candidatos apenas 8,6 mil conseguiram entrar na universidade.

Direito de imagem Getty Images
Image caption Em 2016, de 45 mil candidatos, apenas 8,6 mil conseguiram uma vaga

Para desmistificar o processo e encorajar futuros candidatos, a universidade publica anualmente uma lista com as perguntas realizadas no ano anterior, incluindo o que os professores esperam nas respostas.

No caso da questão que mencionamos inicialmente, o que se espera é que "os estudantes usem seus conhecimentos gerais e senso comum para chegar a uma resposta", explica Martin Speight, professor do St. Anne's College e um dos responsáveis ​​pelas entrevistas de seleção.

Dependendo do que eles dizem, são questionados sobre temas como a importância da "biodiversidade e espécies exóticas, e assuntos de interesse humano, como combustível e alimentos, ecoturismo e medicamentos que podem ser fornecidos pelas florestas ou recifes".

Direito de imagem Getty Images
Image caption A Universidade de Oxford publica todos os anos uma amostra das perguntas para desmistificar o processo de seleção

Também devem ser considerados impactos em relação às mudanças climáticas, à erosão do solo ou à poluição, acrescenta.

"A resposta final não importa, tanto os recifes quanto as florestas precisam ser gerenciados de forma sustentável para encontrar um equilíbrio entre a conservação e as necessidades humanas", diz Speight.

A ideia por trás das perguntas não é avaliar o quanto os alunos sabem, mas como eles argumentam sobre o tema e como reagem diante de informações novas ou ideias desconhecidas.

De juba a listras

Por que os leões têm juba? Por que muitos animais têm listras? E se eu fosse visitar a região onde você mora, o que poderia me interessar?

Na primeira pergunta, a resposta do candidato "tem o potencial de nos levar a diferentes direções", diz Owen Lewis, professor da Brasenose College.

Direito de imagem Getty Images
Image caption Por que alguns animais têm listras?

"Quando fiz essa pergunta, recebi diferentes tipos de palpites inovadores", completa (a resposta "correta" é que a juba funciona como uma espécie de indicador de saúde e vigor físico do leão para outros leões, machos e fêmeas).

Em relação aos animais listrados, o objetivo é que os estudantes reflitam sobre adaptações biológicas bem-sucedidas.

"Eu esperaria que eles começassem a imaginar alguns animais listrados, e pensassem então em categorias de animais com listras. Por exemplo, aqueles que são perigosos (vespas, tigres, cobras), e aqueles que têm listras para se camuflar (zebras e tigres também) e os que são inofensivos, mas imitam os perigosos", diz Lewis.

"Eles podem pensar em exemplos específicos para fazer comparações."

Curiosidade

A pergunta sobre o lugar em que você mora, mencionada anteriormente, parece à primeira vista extremamente simples.

No entanto, como o entrevistador explica, a questão dá ao candidato a oportunidade de aplicar seus conhecimentos de geografia à própria região de origem.

Direito de imagem Getty Images
Image caption Vamos lá... fale sobre o cacto

"Eles podem falar sobre planejamento urbano, revitalização, segregação étnica e migração ou questões como o gerenciamento ambiental", explica Lorraine Wild, professora do St. Hilda's College.

"A questão testa se eles são capazes de aplicar o 'pensamento geográfico' a paisagens ao seu redor".

"Isso mostra o quão curiosos eles são em relação ao mundo que os rodeia", acrescenta.

Entre as questões apresentadas aos candidatos, também estão: Por que os olhos dos gatos parecem brilhar no escuro? Por que alguns habitats possuem mais biodiversidade do que outros? É mais fácil para os organismos viverem na terra ou no mar?

E, por fim, uma pergunta um tanto estranha quanto curiosa: Isso é um cacto. Fale-me sobre ele.