Atirador parecia odiar todo mundo e dizia querer 'matar um monte de gente', diz ex-colega
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Atirador parecia odiar todo mundo e dizia querer 'matar muita gente', diz ex-colega

Um ex-colega de trabalho do atirador de Orlando, Omar Mateen, descreveu como ele afirmou querer “atirar e matar um grande grupo de pessoas".

Daniel Gilroy trabalhou com o atirador por cerca de um ano, em 2015. Ele disse que Mateen parecia odiar todo tipo de pessoa, exceto “homens brancos heterossexuais”.

O ataque de Mateen na casa noturna gay Pulse causou a morte de ao menos 49 pessoas e deixou 53 feridos.