6 fotos que mostram o 'incômodo' do encontro entre Trump e Obama na Casa Branca

Trump fala com Obama na Sala Oval Direito de imagem Reuters
Image caption Apesar de tom cordial, foi possível notar um certo mal-estar em encontro entre presidente eleito dos EUA e presidente que deixa o cargo em janeiro

O atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu na quinta-feira na Casa Branca o presidente eleito, Donald Trump, como parte da transição de poder após a vitória do republicano na eleição de terça-feira.

Os dois se reuniram durante 90 minutos para discutir os detalhes sobre a transição de poder.

Trump assumirá o governo no próximo dia 20 de janeiro.

Obama se comprometeu a fazer "todo o possível" para ajudar Trump "a ter sucesso".

"Porque se você tem sucesso, então o país terá sucesso", disse Obama a Trump.

Direito de imagem Reuters
Direito de imagem EPA
Direito de imagem AFP
Direito de imagem Getty Images
Direito de imagem EPA

Já Trump disse que "foi uma grande honra" se reunir com Obama e que por ele o encontro "poderia ter durado muito mais tempo".

O republicano acrescentou que espera receber conselhos do democrata no futuro.

Apesar do tom cordial de ambos, algumas fotos registradas na Casa Branca chegam a indicar um certo incômodo entre Obama e Trump, que tocaram duras críticas durante a campanha presidencial.

Trump chamou Obama de "o pior presidente da história"; Obama afirmou que Trump não era "preparado para o cargo".

O empresário de Nova York, agora presidente eleito, questionou repetidamente a legitimidade da nacionalidade de Obama, que nasceu no Havaí.

Direito de imagem Casa Branca

A primeira-dama, Michelle Obama, também se reuniu com a futura primeira-dama, Melania Trump.

Nascida na antiga Iugoslávia, a eslovena será a primeira-dama de origem estrangeira em quase dois séculos, desde a inglesa Louisa Adams (mulher do ex-presidente John Quincy Adams, que foi presidente de 1825 a 1829).

Tópicos relacionados