Como premiê do Canadá evitou o aperto de mão 'não convencional' de Trump
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Como premiê do Canadá evitou aperto de mão 'não convencional' de Trump

O presidente americano, Donald Trump, parece gostar de um tipo bem específico de cumprimento a julgar por seus encontros recentes com autoridades de diversos países.

Primeiro, o republicano dá um aperto de mão firme, seguido por um puxão – e encerra com alguns tapinhas de leve.

Esse seu comportamento chama atenção desde seu encontro com o presidente japonês, Shinzo Abe, na semana passada.

Mas, agora, Trump parece ter encontrado alguém à altura: o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau.

Trudeau visitou a Casa Branca, em Washington, na última segunda-feira, e conseguiu de certa forma se antecipar e "neutralizar" o cumprimento de Trump.

Quando os dois se encontraram, o premiê canadense de se aproximou do presidente americano, colocou a mão em seu ombro - impedindo um eventual puxão - e deu um firme aperto de mão.

Muitos tiveram a impressão de que Trudeau estava "preparado" para essa primeira reunião.