Voluntários resgatam crianças soterradas por escombros de escola após terremoto no México
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Voluntários resgatam crianças soterradas por escombros de escola após terremoto no México

“Por aqui, meu amor”, diz um dos homens em torno de um buraco nos escombros da escola Enrique Rebsamen, que desabou com o terremoto no México.

Ele está falando com crianças que foram soterradas pelo edifício.

No vídeo compartilhado pelas redes sociais, vários civis tentam resgatar os sobreviventes que estavam no edifício na capital do país quando ele veio abaixo por causa do tremor de magnitude 7,1 que atingiu a região central do México na última terça-feira.

O tremor foi registrado às 13h14 no horário local (15h14 em Brasília) com epicentro nos arredores da cidade de Axochiapan, no Estado de Morelos, distante 120 km da capital mexicana, onde vivem 20 milhões de pessoas.

O abalo deixou ao menos 237 mortos, e, em 44 localidades da Cidade do México, construções foram destruídas ou tiveram suas estruturas comprometidas.

Um dos voluntários, Roberto Miranda Torres, fez a gravação com seu celular enquanto também ajudava a tirar crianças pela abertura nas paredes destruídas, explicou à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, sua irmã, Isabel Miranda Wallace, que compartilhou as imagens pela internet.

Os voluntários conseguiram resgatar diversos alunos da escola. Não há informações ainda sobre o estado de saúde dessas crianças.

O desabamento matou 21 estudantes e quatro adultos. As equipes continuam realizando buscas nos escombros.

Tópicos relacionados