Três filhos, um barraco: auxiliar de limpeza sustenta família com um salário mínimo em favela
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Três filhos, um barraco: auxiliar de limpeza sustenta família em favela com um salário mínimo

Reginaldo dos Santos Santana vive com a mulher e três filhos em Paraisópolis, a segunda maior favela de São Paulo.

Ele trabalha como auxiliar de limpeza e ganha salário mínimo por mês. Em alguns meses, consegue fazer alguns bicos para complementar a renda.

A família não tem água quente em casa e vive sob o risco constante de desabamento.

"Quando chove um pouco forte, fica parecendo um chuveiro. Molha logo a cama. Mas não tem jeito. É morar aqui ou na rua", diz Reginaldo.

O sonho do casal é ter uma casa própria e dar um futuro melhor a seus filhos.

O mais velho, porém, já tem 8 anos e ainda não começou o ensino fundamental.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

Reportagem: Felipe Souza / Imagens: Felix Lima