Fóssil de mamute colombiano

Player

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia


Cientistas revelaram que o fóssil quase completo de um enorme mamute colombiano foi encontrado no centro da cidade americana de Los Angeles.

O mamute, que foi chamado de Zed, morreu durante a Era Glacial, há cerca de 40 mil anos, provavewlmente quando tinha por volta de 47 anos de idade.

O mamute colombiano era uma espécie de elefante que se tornou extinta perdo do fim da Era Glacial.

Segundo os cientistas, esta é uma descoberta extraordinária mesmo em uma área rica em fósseis. A região, chamada de La Brea Tar Pits, é a área mais rica em depositos do período glacial no mundo, que ficaram conservados pela lama do local, que se parece com asfalto.

O fóssil foi encontrado quando pedreiros cavavam para colocar as bases de um estacionamento subterrâneo.

Junto com ele foram achadas outras 700 espécies, incluindo o crânio de um leão pré-histórico e ossos de lobos e coiotes.

Os cientistas acreditam que o esqueleto do mamute Zed esteja 80% completo, o que teria acontecido porque seu corpo ficou parcialmente submerso na areia e detritos de um rio após sua morte, protegido de predadores.


BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.