Atirador de escola alemã é morto em tiroteio com policiais

Player

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

A polícia alemã informou nesta quarta-feira que o adolescente de 17 anos que abriu fogo em uma escola da cidade de Winnenden, perto de Stuttgart, no sudoeste da Alemanha, foi morto.

O jovem matou três professores e pelo menos nove estudantes ao disparar tiros nesta quarta-feira dentro da escola secundária Albertville, onde havia estudado. Em seguida, ao deixar o local, o atirador matou um pedestre e fugiu de carro para a cidade próxima de Wendlingen.

Segundo porta-vozes da polícia alemã, o ex-aluno vestia uma roupa de combate preta durante os disparos na escola. Quando já estava em Wendlingen, o adolescente foi cercado no estacionamento de um supermercado.

Outras duas pessoas foram mortas pelo atirador durante a troca de tiros entre policiais e o adolescente, o que elevou o número de mortos para 15. Ao final do tiroteio, o jovem acabou morto.

Confusão

O chefe de reportagem do jornal Stuttgart Journal, Kevin Latzel, disse à BBC que há muita confusão no local do incidente.

"É muito horrível", afirmou. "Os pais estão chorando, os alunos estão chorando e muitos policiais estão lá, ninguém sabe realmente o que aconteceu."

"Eles estão muito assustados. Os alunos estão chamando os pais, e os pais querem retirá-los (da escola), mas não podem. Os pais não receberam permissão para entrar nas salas de aula", acrescentou.

O colégio é frequentado por cerca de mil alunos. De acordo com a polícia, o autor dos disparos invadiu a escola por volta das 9h45 (hora local, 5h45 em Brasília) e começou a atirar a esmo.

Este não é o primeiro ataque a uma escola na Alemanha. O pior deles ocorreu na cidade de Erfurt, no leste do país, em 2002, quando 17 pessoas foram mortas.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.