Terremoto mata pelo menos 90 pessoas no centro da Itália

Player

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

Um violento terremoto sacudiu nesta segunda-feira a cidade medieval de Áquila, no centro da Itália, matando ao menos 90 pessoas, deixando dezenas desaparecidas e pelo menos 1.500 feridos.

O tremor de 6,3 graus na escala richter aconteceu às 3h32 (22h34 em Brasília), quando a maioria dos moradores da região dormia. Cerca de 26 cidades foram atingidas.

Calcula-se que entre 30 mil e 40 mil pessoas perderam suas casas e a defesa civil trabalha para abriga-las antes do anoitecer.

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, que cancelou sua viagem a Moscou e foi para Áquila, disse que "ninguém ficará abandonado".

O premiê declarou estado de emergência a região de Abruzzo, onde Áquila está localizada. O tremor causou danos também em outros vilarejos da região, que é montanhosa. Linhas de telefone e eletricidade foram danificadas e cortadas.

O abalo foi sentido na capital, Roma, que fica a 95 quilômetros de distância.

Voluntários

Segundo informações da Defesa Civil, entre 3 mil e 10 mil prédios da cidade - que tem 70 mil habitantes - foram danificados. Um albergue de estudantes e algumas igrejas ruíram por inteiro. Equipes de resgate estão procurando sobreviventes sob os escombros.

O hospital de Áquila foi parcialmente danificado, o que dificultou o atendimento aos feridos.

Milhares de voluntários de toda a Itália se dirigiram à região.

Em Áquila, o tremor durou aproximadamente 30 segundos durante a madrugada.

Moradores e equipes de resgate usavam as próprias mãos para remover escombros de prédios destruídos. Sobreviventes, muitos em suas roupas de dormir, se abraçavam enquanto esperavam notícias de parentes ou amigos.

1980

Correspondentes dizem que a medieval Áquila possui muitas construções antigas que não estão preparadas para suportar um forte terremoto.

Há relatos que o tremor desta segunda-feira derrubou mesmo construções modernas localizadas nos arredores da cidade.

Historicamente a Itália já foi atingida por vários terremotos, especialmente no sul do país.

Este está sendo considerado pior tremor desde 1980, quando cerca de 3 mil pessoas morreram nas proximidades de Nápole.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.