Britânico sobrevive a queda livre de 1,8 mil metros

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

Um britânico sobreviveu a uma queda livre de cerca de 1,8 mil metros sem paraquedas aberto na Rússia.

James Boole estava filmando um colega para um documentário de TV e disse que deveria ter recebido um sinal dele, no ar, para abrir o seu próprio paraquedas. A mensagem, contudo, veio dois segundos mais tarde.

Boole caiu sobre rochas cobertas de neve e fraturou espinha e costelas.

"Pensei na minha mulher e na minha filha", afirmou. "Eu realmente achei que ia morrer, (tive) um incrível sentimento de tristeza e pensei como aquilo era injusto."

Boole, que já realizou 2,5 mil saltos de paraquedas, está em casa se recuperando do acidente.

"(O outro paraquedista) nos levou para tão perto do chão que eu achei que já estava morto."

"Quando eu finalmente olhei para o chão e percebi o quão baixo eu estava, eu sabia que não teria tempo para ter o paraquedas inteiro sobre a minha cabeça."

"Durante as primeiras 48 horas depois do acidente eu achei que talvez estivesse morto e este era um tipo de limbo ou alguma outra realidade, porque eu não conseguia entender como ainda estava aqui depois de passar por isso."

A mulher de Boole, Kristina, que também salta de paraquedas, admitiu que gostaria que o marido parasse de saltar.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.