Onda de calor atinge partes da Grã-Bretanha

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Partes da Inglaterra e do País de Gales estão passando por uma onda de calor, com temperaturas passando dos 30 graus na sombra em Londres.

Em uma escala de quatro níveis, esses locais se encontram agora no nível dois de alerta, e as autoridades estão pedindo para que as pessoas tomem cuidado para se proteger do calor, principalmente os mais jovens e os mais velhos.

Apesar de as temperaturas não serem extremas, principalmente se comparadas às do Brasil, a Grã-Bretanha sofre com ondas de calor.

Em agosto de 2003, quando a temperatura chegou a 38 graus durante uma onda de calor de nove dias, a mais alta já registrada na Grã-Bretanha, houve de 2 a 3 mil extras mortes.

Parte do problema é que a Grã-Bretanha não parece preparada para o bom tempo. O uso de ar condicionado não é comum, e o carpete ainda é usado em muitas casas.

Durante uma onda de calor, é provável que fique ainda mais quente nas cidades, especialmente à noite. Em Londres, durante a onda de calor de agosto de 2003, a diferença máxima de temperatura entre as zonas urbana e rural chegou a 9 graus.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.