Câmeras de segurança captam tiroteio em estação do metrô no México

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Duas pessoas foram mortas e seis ficaram feridas após um tiroteio dentro de uma estação do metrô da Cidade do México no final da tarde desta sexta-feira.

O incidente foi captado pelas câmeras de segurança da estação Balderas, próxima à feira de artesanato da Ciutadela.

As imagens mostram um homem sacando uma arma ao ser confrontado pela polícia.

O homem, identificado pela polícia como Luis Felipe Hernandez Castillo, de 38 anos, estaria grafitando uma das paredes da estação no momento do incidente.

Um passageiro ainda tentou, em vão, tirar a pistola da mão do atirador, que se refugiou então em um vagão e começou a atirar.

Protesto

Segundo testemunhas, enquanto disparava, ele teria gritado que protestava contra o governo.

Um policial e um passageiro acabaram mortos. Hernandez Castillo foi preso.

Após o incidente, a polícia anunciou que reforçará a segurança das estações do metrô da Cidade do México com mais mil policiais e que fará revistas aleatórias entre os passageiros.

A estação de Balderas, onde ocorreu o incidente, é uma das mais movimentadas da extensa rede de metrô da Cidade do México, onde vivem mais de 18 milhões de pessoas.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.