Operação de resgate liberta baleia de rede na Austrália

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Equipes de resgate na Austrália libertaram uma baleia jubarte capturada em uma rede para controle de tubarões na costa de Queensland.

A baleia media cerca de oito metros de comprimento e pesava 40 toneladas. Ela foi vista no domingo na costa por um salva-vidas.

A Autoridade de Navegação e Pesca de Queensland, junto com representantes do Seaworld Austrália, foram para o local para tentar liberar o mamífero da rede.

"Ela estava completamente enrolada na rede, desde a cabeça, a barbatana peitoral esquerda e a cauda", afirmou Trevor Long, porta-voz do Seaworld Austrália.

Um grupo de pessoas se reuniu na praia para assistir à operação, que foi complicada e durou pouco menos de três horas.

"Com certeza é assustador, muita adrenalina para a tripulação a bordo", afirmou Ken Pratt, que trabalha para a Autoridade de Navegação e Pesca de Queensland e participou da operação.

Logo depois de ser liberada, a baleia logo se moveu para continuar sua migração para o sul.

Esta é a segunda baleia que fica presa nas redes de controle de tubarões na região de Queensland apenas em setembro.

As redes são usadas na Austrália há mais de 70 anos e são criticadas por grupos ambientalistas, pois além de conter os tubarões, elas também prendem milhares de golfinhos, tartarugas entre outras criaturas marinhas. Em média, quatro baleias ficam presas nas redes todo ano.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.