Ataque em universidade do Paquistão

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Duas bombas explodiram nesta terça-feira na Universidade Islâmica Internacional na capital paquistanesa Islamabad, apesar do reforço da segurança no país.

Um policial disse que pelo menos quatro pessoas morreram, entre elas dois homens-bomba. Outras 18 pessoas teriam ficado feridas.

Uma das explosões aconteceu em um refeitório usado por alunas.

A outra explosão aconteceu do lado de fora do escritório de um professor de Direito Islâmico.

Atentados a bomba nas últimas duas semanas mataram pelo menos 150 pessoas no Paquistão.

As autoridades do país condenaram os ataques. Até agora, ninguém assumiu autoria.

O atentado é o primeiro do tipo desde o final de semana, quando o Exército do Paquistão deu início a uma ofensiva no Waziristão do Sul, região conhecida como reduto do Talebã.

A segurança no resto do país foi reforçada, com temores de ataques talebãs em retaliação à ação militar. Várias instituições de ensino foram fechadas esta semana, para evitar episódios de violência.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.