Merkel celebra queda do muro com caminhada simbólica em Berlim

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Com uma caminhada que seria impossível vinte anos atrás, a chanceler alemã, Angela Merkel, marcou os 20 anos da queda do muro de Berlim.

Acompanhada do ex-líder soviético Mikhail Gorbachev e do ex-presidente polonês Lech Walesa, Merkel cruzou a ponte Bornholmer, a primeira passagem a ser aberta entre as metades comunista e capitalista da hoje capital alemã unificada.

A chanceler disse que a data "não é apenas um dia de comerações para a Alemanha, mas para toda a europa".

A queda do muro, erguido em 1961, levou à reunificação alemã, ao colapso do poder comunista no Leste Europeu e ao fim da Guerra Fria.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.