Terremoto no Haiti

Tremor deixa rastro de destruição em Porto Príncipe

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Centenas de pessoas podem ter morrido em consequência de um terremoto de 7 graus na escala Richter que atingiu o sul da capital do Haiti, Porto Príncipe na tarde desta terça-feira – o tremor mais forte a afetar o país nos últimos 200 anos.

O terremoto destruiu a sede da missão das Nações Unidas no país, o palácio presidencial e vários outras edificações na capital. Muita gente ficou presa sob os escombros e há um grande número de desaparecidos.

Segundo o US Geological Survey, a agência geológica americana, o terremoto ocorreu por volta das 16h53 (horário local, 19h53 de Brasília).

O epicentro do tremor foi localizado a cerca de 15 quilômetros de Porto Príncipe, a apenas 10 quilômetros de profundidade.

Pelo menos dois tremores secundários – de 5,9 e 5,5 graus, respectivamente, foram registrados logo após o primeiro terremoto. Cerca de cinco horas após o tremor inicial, uma testemunha disse à BBC que esses tremores secundários eram sentidos a cada dez minutos. O clima em Porto Príncipe é de medo e muita gente está ao relento.

Brasil, Estados Unidos, Canadá e França ofereceram ajuda humanitária.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.