Grã-Bretanha

Carro-bomba explode na Irlanda do Norte pela 1ª vez em 10 anos

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Um carro-bomba foi detonado em frente ao tribunal da cidade de Newry, na Irlanda do Norte, na noite de segunda-feira, sem deixar vítimas.

A polícia disse ter sido "um milagre" que ninguém tenha sido morto ou ferido, já que foram encontrados quase 100 kg de explosivos no local.

Segundo os policiais, os autores do atentado telefonaram para uma loja na vizinhança e para um hospital mais próximo para avisar da iminência do ataque.

A polícia ainda estava esvaziando a área quando o carro explodiu, 17 minutos após os telefonemas.

Processo de paz

Esta é a primeira vez que um carro-bomba explode na Irlanda do Norte desde 2000, quando uma delegacia foi atingida em Stewartstown.

Nos últimos anos, houve tentativas de ataques semelhantes, mas sem sucesso.

O atentado da segunda-feira está sendo atribuído a um grupo de republicanos contrários ao processo de paz na Irlanda do Norte.

Segundo o correspondente da BBC na província, Mark Simpson, o mesmo grupo tentou matar um policial católico no condado de Antrim, em janeiro, e abriu fogo contra três delegacias no condado de Armagh.

Para Simpson, o grupo está tentando aumentar o espectro e a intensidade de seus ataques, mas ainda conta com pouco apoio e uma quantidade limitada de armamentos.

Um porta-voz do primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, condenou o atentado da segunda-feira.

"Atos como este não representam de maneira alguma a visão da vasta maioria da população da Irlanda do Norte", disse o porta-voz. "Não vamos deixar uma pequena minoria fazer o relógio andar para trás."

Os membros da Assembleia Norte-Irlandesa também condenaram o ataque.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.