Ciência

China enfrenta tempestade de areia

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Uma forte tempestade de areia castigou o norte da China no fim de semana, cobrindo regiões inteiras.

As áreas mais afetadas, segundo a imprensa oficial chinesa, foram as regiões autônomas de Xinjiang, no extremo oeste, da Mongólia Interior, no norte, e a província de Jilin, no nordeste.

Por causa da areia, a visibilidade caiu a apenas 2 metros de distância durante o fim de semana.

A meteorologia prevê a chegada de uma frente fria e ventos fortes nos próximos dois dias. Na parte leste da Mongólia Interior, os ventos podem atingir até 50 km/h, e as temperaturas podem cair dez graus.

Além da areia e dos fortes ventos, a China também foi atingida por incêndios, que se espalharam rapidamente nessas condições. Três pessoas teriam morrido e uma estaria gravemente ferida.

A primavera na Mongólia está sendo marcada por intensas nevascas, criando problemas para a agricultura, já abalada por um dos invernos mais rigorosos dos últimos anos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.