áfrica

Líbia: Menino de 8 anos 'é único sobrevivente de desastre'

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Um menino holandês de 8 anos é a única sobrevivente do acidente com a aeronave da Afriqiyah Airways que matou mais de cem pessoas na Líbia, segundo um ministro do país.

O avião havia decolado de Joanesburgo, na África do Sul, e deveria ter pousado na capital líbia, Trípoli, às 6h (1h, em Brasília), mas o acidente aconteceu no momento em que ele pousava no aeroporto.

Entre os 93 passageiros do Airbus 330 estariam cidadãos de diversas nacionalidades, entre eles britânicos e sul-africanos.

Todos os 11 tripulantes seriam líbios, de acordo com um funcionário da Afriqiyah Airways.

De Trípoli, o avião seguiria rumo ao aeroporto de Heathrow, o principal de Londres.

Líbia

A correspondente da BBC na capital líbia, Rana Jawad, disse que ainda não foi esclarecido se o avião já estava sobre a pista de pouso, mas afirmou que algumas testemunhas no aerporto disseram não ter visto a aeronave.

Segundo Jawad, o movimento de ambulâncias no aerporto é intenso.

O tempo na região nos últimos dias tem estado claro e ensolarado, de acordo com a correspondente.

A Afriqiyah Airways é uma empresa líbia de baixo custo fundada em 2001.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.