áfrica

Governo de Uganda planeja dura lei contra homossexualidade

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

A introdução de uma rígida lei contra a homossexualidade em Uganda, que fala até em pena de morte, parece estar iminente, apesar de protestos da comunidade internacional.

Em uma igreja de Kampala, o pastor Martin Ssempa imita ativistas de direitos dos gays, e diz que a homossexualidade é um pecado.

O ministro para Ética e Integridade, James Nsaba Buturo, apoia a nova lei, mas diz que a pena de morte pode ser removida da legislação.

Mas mesmo se a cláusula for removida, a lei ainda determina prisão perpétua para casos de homossexualidade.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.