Rússia

Explosão atinge aeroporto de Moscou

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Uma explosão no aeroporto internacional de Domodedovo, na região de Moscou, matou pelo menos 35 pessoas e feriu pelo menos outras cem nesta segunda-feira, segundo informou o Ministério da Saúde da Rússia.

Autoridades acreditam que a explosão, ocorrida às 16h40 locais (11h40 em Brasília), pode ter sido resultado de um atentado suicida na área de retirada de bagagens do aeroporto.

Uma equipe de investigadores foi enviada ao aeroporto para apurar o caso. O presidente russo, Dmitry Medvedev, convocou uma reunião de emergência com altas autoridades do país para analisar a situação.

Cortesia: YouTube

Cinegrafista amador filmou imagens de destruição dentro do aeroporto

Segundo o correspondente da BBC em Moscou Steve Rosenberg, a polícia foi colocada em alto nível de alerta na capital russa e está procurando itens suspeitos no sistema de transporte público da cidade.

Domodedovo é o aeroporto mais movimentado que serve Moscou, sendo utilizado por muitos executivos e turistas. Ele está localizado a 42 km do centro da capital russa.

Segundo a agência russa RIA Novosti, muita fumaça podia ser vista no aeroporto após a explosão. Um forte cheiro de queimado também era notado. No serviço de microblogging Twitter, testemunhas afirmam que Domodedovo foi cenário de uma "carnificina".

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.