Ciência

Macacos também experimentam incerteza, demonstram cientistas

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Macaco é submetido a teste

Quando o macaco errava, o jogo era interrompido por alguns segundos.

Os seres humanos não são os únicos animais capazes de experimentar os sentimentos de dúvida e incerteza. Esta foi a conclusão de um estudo levado adiante por um grupo de pesquisadores americanos.

Os primatas foram submetidos a um teste, fazendo uso de um joystick. Os animais deveriam reconhecer a definição de um quadrado que aparecia na parte superior da tela do computador.

Os macacos poderiam escolher entre a letra "S", para esparso, ou "D", para denso.

Quando acertavam, os animais eram recompensados com um presente. Quando erravam, o jogo era pausado por alguns segundos, tirando dele a chance de vir a ganhar mais um mimo.

Os macacos contavam, no entanto, com mais uma opção. Eles podiam "pular" um teste ao escolher o ponto de interrogação, na parte inferior da tela. Com esta opção, eles não ganhavam presente, mas também não tinham o jogo interrompido.

Segundo os cientistas, os macacos testados (que pertencem ao grupo de primatas do Velho Mundo, espalhados por África e Ásia) apresentaram o mesmo comportamento que os humanos quando deparados com uma rodada considerada difícil de responder.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.