Cultura

'Filme de Banksy' leva polêmica ao Oscar

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Indicado para o Oscar pelo filme 'Exit through the Gift Shop', o artista gráfico britânico Banksy vem provocando polêmica nos Estados Unidos.

Não só por sua forma de arte, ilegal e com temas provocativos – nos últimos tempos, pelo menos sete novas obras surgiram nas ruas.

Mas principalmente sobre a possibilidade de comparecer à cerimônia do Oscar, uma vez que o filme é forte candidato ao prêmio de melhor documentário.

O artista, que nunca mostrou o rosto em público, foi proibido pela organização de entrar disfarçado.

Há até quem diga que ele não seria diretor do filme, e que estaria rindo da situação.

Banksy

O artista teria produzido pelo menos sete paineis em Los Angeles

De um jeito ou de outro, a arte de Banksy continua empolgando o público.

O blogueiro Greg Linton, do blog Melrose and Fairfax, foi o primeiro a divulgar as novas pinturas em Los Angeles.

"Hoje em dia, quando se anda em Melrose, o berço da arte de rua na cidade, todo mundo parece estar com filmadoras e máquinas fotográficas na mão, parando para registrar tudo o que veem", afirmou Linton.

E a influência de Banksy está em todas as partes, segundo o blogueiro.

"Alguém chegou até a escrever numa parede em Melrose: Banksy, você devia pintar este lugar."

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.