Oriente médio

Soldados do Iêmen disparam contra manifestantes

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

Forças do governo do Iêmen teriam disparado em manifestantes contrários ao presidente Ali Abdullah Saleh na cidade de Taiz, no sul do país, deixando vários mortos, de acordo com testemunhas.

Os tiros teriam ocorrido depois que os centenas tomaram as ruas pedindo a saída do presidente.

Fumaça em prédio da cidade de Taiz, em meio aos protestos contra o governo do Iêmen

Ali Abdullah Saleh enfrenta crescente oposição no Iêmen

As autoridades também usaram canhões d'água para dispersar o protesto.

Imagens de cinegrafista amador que teriam sido feitas na cidade parecem mostrar atiradores em cima de prédios, disparando e arremessando objetos contra os manifestantes.

Apesar da resposta violenta, a oposição ao presidente dá sinais de estar crescendo, e os protestos contra Ali Abdullah Saleh, no poder há mais de três décadas, se espalham pelo país.

Além da perspectiva de mais protestos, o presidente agora enfrenta a ameaça de tribos locais, militantes islâmicos e deserções dentro de seu governo.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.