Dilma convoca reunião de emergência em noite de caos pelo país; veja resumo do dia

Principais fatos

  • A presidente Dilma Rousseff adiou sua viagem ao Japão e convocou uma reunião de emergência nesta sexta-feira de manhã, com ministros mais próximos, para debater onda de manifestações.
  • Protestos em mais de 100 cidades de todos os Estados do país foram realizados nesta quinta-feira. Estima-se que mais de 1 milhão de pessoas tenham saído às ruas para se manifestar.
  • Em Brasília, manifestantes atiraram sinalizadores e chegaram a provocar um foco de incêndio no palácio do Itamaraty. A polícia conteve a tentativa de invasão com bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha. Confrontos pela cidade deixaram dezenas de feridos.
  • Em São Paulo, milhares de manifestantes se reuniram na Avenida Paulista, onde o clima foi pacífico na maior parte do tempo. Apesar disso, simpatizantes de partidos políticos que compareceram ao evento foram hostilizados e agredidos por manifestantes.
  • No Rio de Janeiro, a multidão se reuniu na Candelária, no centro da cidade, antes de seguir em passeata em direção à Prefeitura. Houve cenas de violência e confrontos entre policiais e manifestantes, que deixaram dezenas de feridos.
  • Em Ribeirão Preto (SP), um jovem morreu atropelado após um carro atravessar uma multidão de manifestantes.

Notícias ao vivo

Atualizado pela última vez 21 junho 2013

As atualizações desta cobertura ao vivo estáo desativadas no momento