BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Notícias
22 de maio, 2003 - Publicado às 18h37 GMT
Estrangeiros e riqueza agravam ódio étnico no Congo
Maior parte dos moradores já deixou Bunia (Foto: AP)
Maior parte dos moradores já deixou Bunia (Foto: AP)

A área ao redor de Bunia, no nordeste da República Democrática do Congo, é cenário de uma antiga rivalidade entre dois grupos étnicos, os hemas e os lendus, temperada pela intrusão de Exércitos estrangeiros e riquezas naturais como ouro e petróleo.

Hemas e lendus tradicionalmente disputam a posse da terra na região. Os primeiros se dedicam ao cultivo da terra, e os segundos também praticam a pecuária.

Em várias regiões da África, povos agrícolas e pastoris vivem conflitos de terra, e não é diferente no distrito de Ituri, onde fica Bunia.

Os lendus são mais numerosos na região, mas os hemas possuem um padrão de vida mais alto e são acusados de terem sido beneficiados desproporcionalmente pela Bélgica, que dominou o Congo até meados do século 20.

Influência de fora

A rivalidade foi agravada com o passar do tempo pelas intervenções de poderes estrangeiros, a última das quais envolveu invasões por parte dos Exércitos rivais de Ruanda e Uganda, em 1998.

A última força estrangeira a deixar o nordeste congolês foi a de Uganda, há duas semanas, coincidindo com a agudização do conflito entre hemas e lendus.

A União dos Patriotas Congoleses (UPC), que atualmente controla Bunia, era originalmente apoiada por Uganda.

Um desentendimento com o governo ugandense, porém, fez com que o grupo acabasse se aliando a Ruanda, de quem agora recebe apoio material.

Observadores chegaram a temer que Uganda e Ruanda entrassem em conflito em Bunia, já que apóiam grupos rivais na região.

Acordo

No começo do ano, os ugandenses expulsaram a UPC de Bunia, mas foram embora há duas semanas após um acordo com o governo congolês.

O resultado foi um vazio de poder na cidade.

A ONU já enviou 625 soldados com o objetivo de manter a paz em Bunia – a maioria é formada por uruguaios.

Mas esse pequeno contingente de capacetes azuis não tem sido capaz de conter a ação de milhares de militantes das duas etnias.

O governo do Congo enviou 600 policiais a Bunia depois da retirada ugandense, mas 500 deles acabaram fugindo da cidade.

Brutalidade

A França se ofereceu para enviar tropas à região, mas a idéia foi rechaçada pelo líder da UPC, Thomas Lubanga.

Ele acusa os franceses de apoiar o presidente do Congo, Joseph Kabila, que por sua vez, segundo ele, está ajudando os lendus.

Outras potências estão relutantes em se envolver no extremamente brutal e complicado conflito congolês, que não se resume à região de Bunia.

Enquanto isso, muitos civis acham melhor fugir do distrito de Ituri.

A maioria dos 300 mil habitantes de Bunia já deixaram a cidade.

Nos últimos anos, os conflitos entre hemas e lendus já deixaram algo como 50 mil mortos.


Leia mais: Vala comum com 30 mortos é encontrada no Congo
 
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.







Notícias relacionadas:
22 de maio, 2003
  Vala comum com 30 mortos é encontrada no Congo
21 de maio, 2003
  ONU deve investigar acusações de canibalismo no Congo
20 de maio, 2003
  Organizações humanitárias pedem forças da ONU no Congo
20 de maio, 2003
  França pode enviar tropas para conter guerra no Congo
17 de maio, 2003
  Milícias assinam trégua para encerrar conflito no Congo
Links externos:
Missão da ONU no Congo (em inglês e francês)
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC