Hamas teria aceito acordo de cessar-fogo com Israel

Mulher caminha por zona destruída por ofensiva israelense no norte de Gaza (AP)
Image caption Ofensiva israelense em Gaza durou três semanas

Um oficial do grupo militante palestino Hamas afirmou nesta quinta-feira que a facção e Israel teriam chegado a um acordo para uma trégua de longa duração na Faixa de Gaza.

Segundo a agência estatal egípcia Mena, um representante do grupo, Moussa Abu Marzouk, afirmou que um cessar-fogo de 18 meses deve ser anunciado nas próximas 48 horas.

Em troca, Israel teria concordado em abrir as passagens na fronteira com a Faixa de Gaza.

"Nós concordamos com uma trégua com o lado israelense por um ano e meio em troca da abertura de todas as seis passagens entre a Faixa de Gaza e Israel e a interrupção de todas as atividades militares", disse Moussa Abu Marzouk à agência Mena.

Marzouk, no entanto, afirmou que, antes do anúncio, o Hamas irá consultar as outras facções palestinas.

Até o momento, o governo de Israel não se pronunciou sobre as declarações.

Horas antes, outro representante do Hamas nas negociações no Cairo, Taher Al-Nono, teria afirmado que o acordo seria anunciado dentro de três dias, segundo a agência de notícias Reuters.

"A maioria dos obstáculos que impediam que chegássemos a um acordo foi removida", teria afirmado Al-Nono.

Tanto Israel quanto o Hamas declararam tréguas unilaterais após o fim da ofensiva israelense contra a Faixa de Gaza, no mês passado.

Notícias relacionadas