Chimpanzé deixa mulher em estado grave e é morto pela polícia

Travis
Image caption Travis em 2003, após ter ficado desaparecido por 2 horas

Um chimpanzé de estimação foi morto nos Estados Unidos por um policial após atacar uma mulher.

Travis, um macaco de 15 anos e 90 quilos, que estrelou alguns comerciais de televisão, atacou uma mulher que foi visitar a dona do animal na cidade de Stamford, no Estado americano de Connecticut.

A mulher foi atacada quando saia do seu carro e perdeu muito sangue devido a golpes à sua cabeça. Ela está em estado grave no hospital de Stamford.

Travis também feriu dois policiais antes de ser morto a tiros quando tentava entrar na viatura.

Segundo o jornal The Advocate, de Connecticut, a dona do macaco, Sandra Herold, chegou a tentar defender sua amiga atacando o animal com uma faca. O jornal relata que o macaco era conhecido pela comunidade e chegou a estrelar comerciais da Coca-Cola e da rede de lojas de roupas Old Navy. Em 2003 ele fugiu e chegou a ficar desaparecido por duas horas.

A legislação do Estado de Connecticut permite que as pessoas tenham animais de estimação. Travis era domesticado e sabia vestir-se e tomar banho sozinho.