Médicos identificam problema de pele associado a videogames

Videogame

Médicos de um hospital de Genebra, na Suíça, identificaram um novo problema de pele, chamado "hidrosadenite palmar de PlayStation", que eles acreditam que é causado por jogar videogames demais.

Em um artigo na publicação científica British Journal of Dermatology, os especialistas descreveram o caso de uma menina de 12 anos atendida no hospital com lesões muito dolorosas nas palmas das mãos. A menina, que usava videogames regularmente, se recuperou completamente depois de dez dias sem jogar.

A princípio, os médicos acreditavam que ela sofria de um problema chamado hidradenite idiopática palmar exócrina - sendo que idiopático significa "de causa desconhecida".

O problema tinha sido relatado anteriormente nas solas dos pés de crianças que participavam de atividades físicas mais pesadas, como corrida, e acredita-se que esteja ligado a suor intenso.

Mas o aparecimento das lesões é incomum nas palmas das mãos, o que chamou a atenção dos especialistas.

A paciente não tinha participado de qualquer esporte ou atividade física recentemente e não se lembrava de nenhum trauma recente envolvendo suas mãos.

Mas os pais da menina contaram que recentemente ela havia começado a jogar PlayStation durante várias horas, diariamente, e que continuou a jogar mesmo depois do aparecimento das lesões.

"O diagnóstico final de nossa paciente foi hidrosadenite idiopática palmar exócrina. Porém, nós propusemos que a variante nesta paciente seja chamada mais especificamente de hidrosadenite palmar de PlayStation", disse um dos autores do estudo, Behrooz Kasraee.

Tensão do jogo

Os médicos em Genebra acreditam que o problema foi causado pelo fato de a criança agarrar com força os controles manuais do videogame, junto com o suor causado pela tensão gerada pelo jogo.

Os pesquisadores afirmaram que casos de vício em videogame já foram relatados, mas acreditava-se que os sintomas eram apenas psicológicos.

Alguns sintomas físicos, como tendinite aguda, começaram a aparecer. Segundo os médicos, agora a "hidradenite palmar de PlayStation" pode ser adicionada à lista de sintomas.

O porta-voz da Sony Computer Entertainment Europe Ltd., que fabrica o PlayStation, recomendou "bom senso".

"Acreditamos que o videogame é um divertimento legítimo como assistir filmes, ouvir música ou ler livros", afirmou.

"Assim como com qualquer forma de lazer existem possíveis consequências quando não se segue o bom senso, conselhos de saúde e instruções, que podem ser encontradas em nossos manuais de instrução."

"O PlayStation foi lançado em 1995 e vendeu centenas de milhões de consoles nos últimos 13 anos."

"Não queremos depreciar esta pesquisa e vamos estudar as descobertas com interesse. Esta é a primeira vez que ouvimos uma reclamação desta natureza", acrescentou.

Para Nina Goad, da Associação Britânica de Dermatologistas, a descoberta é "interessante e os pesquisadores querem dividir com outros dermatologistas, caso estes se deparem com sintomas parecidos e sem explicação em outros pacientes".

"Se a pessoa se preocupa com lesões em suas mãos quando joga videogames, seria uma atitude inteligente dar um tempo para suas mãos de vez em quando e não jogar em excesso se suas mãos têm tendência ao suor excessivo", disse.

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet