Altura pode ser chave para o sucesso no futebol, diz estudo

O jogador holandês e do Manchester United Ruud Van Nistelrooy
Image caption Ruud Van Nistelrooy, com 1,88m e 84kg, foi um dos estudados no período de 2003 e 2004

Uma pesquisa das Universidades de Wolverhampton e de Birmingham, na Grã-Bretanha, afirma que jogadores de futebol mais altos são os mais bem sucedidos.

O professor Alan Nevill, da Escola de Esportes, Artes Cênicas e Lazer, levantou dados oficiais da primeira divisão do futebol inglês - antiga First Division, hoje chamada de Premier League - para examinar as características físicas dos melhores jogadores profissionais.

Nevill examinou estatísticas dos períodos da década de 70, 80, 90 e entre os anos de 2003 e 2004, usando dez anos de intervalo para evitar sobreposição de dados.

O jogador tinha que ter pertencido aos clubes que estavam entre os seis primeiros colocados de cada temporada para ser considerado "bem sucedido".

Entre os jogadores altos apontados como exemplos no estudo estão os atacantes Thierry Henry (2003 - 2004, Arsenal), Ruud Van Nistelrooy (2003 - 2004 Manchester United) e Peter Crouch (2003 - 2004 Aston Villa).

"Os resultados deste estudo mostram que os jogadores profissionais estão ficando mais altos e pesados a cada década, com um pequeno, porém significativo aumento no Índice de Massa Corporal durante as quatro décadas", disse Nevill.

Previsões

O professor Nevill também afirmou que a pesquisa previu muitas diferenças em algumas posições específicas dos times.

"Muitas das diferenças em posições de jogadores também foram previstas, com goleiros, centroavantes e zagueiros centrais ficando mais altos e pesados do que os que jogam em posições mais abertas, como os pontas e os laterais", acrescentou.

O pesquisador também descobriu que, em análises recentes, os jogadores dos times mais bem sucedidos eram mais altos e jovens do que aqueles em times com menos vitórias.

E, segundo Nevill, existem várias razões que levam este tipo de corpo a ter mais chances de sucesso.

"Além do fato de que jogadores mais altos cabecearem melhor na defesa e ataque, eles também poderão fechar ou limitar a habilidade dos jogadores adversários de passar e distribuir a bola", afirmou.

"E pessoas mais altas e magras são capazes de dissiparem o calor mais rapidamente do que as pessoas mais baixas e pesadas."

"Estes resultados sugerem que técnicos de futebol e caçadores de talentos deveriam prestar atenção ao formato do corpo quando selecionarem os potenciais jogadores para seus times", acrescentou.

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet