Atirador mata pelo menos nove e depois se suicida nos EUA

Local de tiroteios em Samson, no Alabama (AFP)
Image caption Atirador abriu fogo contra casas, carros e pontos comerciais

Pelo menos nove pessoas foram mortas nesta terça-feira depois que um homem armado abriu fogo contra diversos alvos em duas pequenas cidades do Estado do Alabama, no sul dos Estados Unidos.

Segundo fontes policiais, foram registrados pelos menos quatro incidentes com tiros separados antes que o autor dos disparos se suicidasse. A identidade dele não foi revelada.

O atirador abriu fogo contra casas, um posto de gasolina, lojas e veículos nas cidades de Samson e Geneva, que ficam próximas ao limite com o Estado da Flórida.

Segundo o Departamento de Segurança Pública do Alabama, os crimes começaram no final da tarde de terça-feira em Samson, uma pequena cidade de 3 mil habitantes, onde quatro adultos e uma criança foram encontrados mortos em uma casa.

Outros dois adultos teriam sido mortos em outras casas da cidade.

Há informações de que, entre as vítimas, possam estar parentes do suspeito.

Segundo a polícia, o atirador seguiu por uma estrada, onde abriu fogo contra o carro de um policial, atingindo o veículo por sete vezes. O oficial ficou apenas ferido com estilhaços de vidro.

Também na estrada, o suspeito teria matado uma pessoa em uma loja e outra em um posto de gasolina.

Ele foi perseguido pela polícia até uma fábrica de metais, onde também atirou contra os oficiais, ferindo um deles. Minutos depois de ele entrar no local, foram ouvidos tiros, e ele foi encontrado morto.

Os policiais ainda estão investigando o incêndio em uma casa, onde foi encontrado um corpo. Acredita-se que o incidente possa estar envolvido com a série de crimes.

Em um comunicado divulgado em sua página de internet, o Departamento de Segurança Pública do Alabama não descarta que sejam encontradas outras vítimas.

Ainda não há indicações sobre os motivos dos atentados. O FBI (a polícia federal do EUA) enviou um agente para auxiliar nas investigações.