Economia americana 'vai se recuperar em um ano'

Christina Romer, chefe da equipe de assessoria econômica do presidente Barack Obama
Image caption Romer disse que recuperação econômica dos EUA começa ainda este ano.

A chefe da equipe de assessores econômicos do presidente americano, Barack Obama, disse neste domingo estar "incrivelmente confiante" de que a economia dos Estados Unidos vai se recuperar em um ano.

Em entrevistas às redes de TV americana FOX e CNN, Christina Romer disse que a recessão da economia americana atingirá seu ponto mais crítico em 2009, mas que a recuperação começará a acontecer até o final deste ano.

As declarações de Romer foram feitas um dia antes de o secretário do Tesouro, Timothy Geithner, anunciar um aguardado plano de resgate do sistema bancário.

Há relatos de que Geithner anunciará nesta segunda-feira a compra pelo governo americano de até US$ 1 trilhão em ativos "tóxicos" de bancos em dificuldades para que estas instituições voltem a conceder empréstimos.

Na quinta-feira, o secretário deve elaborar propostas para a regulação do sistema bancário durante uma audiência no Congresso.

Passo crucial

Os planos, elaborados sem muitos detalhes por Geithner em fevereiro, estão sendo vistos como um passo crucial para restaurar a confiança no setor bancário americano.

Os anúncios acontecerão a menos de 15 dias da cúpula do G20, grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo, em Londres.

Barack Obama disse recentemente que espera que o encontro seja uma oportunidade para que as principais lideranças do mundo tomem ações coordenadas para alavancar o crescimento econômico global.

Ainda esta semana, os comitês orçamentários do Senado e da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos começarão a redigir suas propostas de orçamento para 2010.

O presidente Obama defende um orçamento de US$ 3,5 trilhões para o próximo ano. Segundo ele, o valor é necessário para retirar os Estados Unidos da crise.

Notícias relacionadas