México prende um dos traficantes mais procurados do país

Vicente Carrillo Leyva foi preso na Cidade do México
Image caption Vicente Carrillo Leyva sendo levado pela polícia mexicana

O governo do México anunciou nesta quinta-feira a captura de Vicente Carrillo Leyva, conhecido como "O Engenheiro", considerado um dos maiores traficantes de drogas do país.

Leyva, que seria um dos líderes do cartel de Juárez, era um dos 24 homens mais procurados do México, de acordo com uma lista divulgada pelo governo há algumas semanas.

Rodrigo Esparza, chefe da Polícia Federal Preventiva do México, informou que Leyva "foi detido enquanto realizava atividades físicas em um parque perto de sua casa", na Cidade do México.

Segundo Esparza, Leyva usou várias identidades falsas para fugir das autoridades e se apresentava como um empresário.

Recompensa

Uma recompensa de US$ 2 milhões era oferecida pela prisão de Leyva, acusado de controlar várias rotas de distribuição de drogas para os Estados Unidos e de ser o encarregado das operações de lavagem de dinheiro do cartel.

Leyva é filho do fundador do Cartel de Juárez, conhecido como "Senhor dos Céus". Ele morreu em 1997 depois de uma grande cirurgia plástica que visava transformar seu rosto e esconder sua verdadeira identidade.

"O engenheiro" é fugitivo da Justiça mexicana desde os 20 anos e passou parte de sua adolescência em vários países da América do Sul, incluindo o Chile, onde morou sob a proteção de um dos então responsáveis pela lavagem de dinheiro do cartel.

De acordo com informações do governo mexicano, Leyva teria retornado ao país em 1996, se matriculado em uma das escolas de maior prestígio da capital com uma identidade falsa e vivido na Cidade do México.

Para viajar várias vezes à Europa e América do Sul, ele usava vários passaportes falsos.

Leyva teria até sido dono de uma loja da grife Versace na cidade de Guadalajara, provavelmente comprada com dinheiro ilegal.