Homem armado mantém 40 reféns em Nova York

Local do incidente em Binghamton, Nora York
Image caption Unidade especial da polícia está no local invadido por homem armado

Um homem armado atirou contra diversas pessoas e mantém cerca de 40 reféns no prédio da Associação Cívica Americana (ACA) na cidade de Binghamton, no Estado de Nova York, segundo imprensa local.

Informações da imprensa, ainda não confirmadas, afirmam que 13 pessoas morreram no incidente.

O prefeito da cidade, Matthew Ryan, disse à imprensa que o atirador estava armado com um rifle e ainda estava dentro do prédio.

O site da ACA informa que a associação presta assistência a imigrantes e refugiados.

Feridos

Imagens de TV mostraram pelo menos quatro pessoas sendo retiradas do local em macas.

A porta-voz do hospital Nossa Senhora de Lourdes, Linda Miller, disse que pelo menos um paciente estava recebendo tratamento para ferimentos, sem dar mais detalhes.

"Estamos em alerta máximo e esperamos receber mais feridos", afirmou Miller.

Segundo o jornal Binghamton Press & Sun Bulletin, casas próximas ao prédio atacado foram evacuadas, ruas bloqueadas, e uma unidade especial da polícia está no local.

Suspeito

Testemunhas afirmaram ter visto um homem de origem asiática entrar no prédio.

O homem aparentava cerca de 20 anos e entre 1,60m e 1,80m de altura e vestia jaqueta de nylon verde claro e óculos de armação escura.

Em entrevista à BBC, o repórter Bob Joseph, da Rádio WNBF, de Binghamton, disse que a cidade nunca havia registrado um incidente dessa escala.