Injeção de célula-tronco poderá ajudar tratamento de fraturas e artrite, indica estudo

Image caption Os testes em seres humanos podem começar em cinco anos

O tratamento de ossos e articulações do corpo pode estar próximo de ser feito por meio de injeções de células-tronco, de acordo com uma pesquisa feita na Grã-Bretanha.

A equipe de pesquisadores da Universidade de Keele afirma que vem testando células-tronco que podem ser controladas com magnetos.

O objetivo é tratar pacientes com fraturas ou doenças como artrite.

Os pesquisadores usam as próprias células-tronco do paciente, coletadas da medula óssea. Essas células são tratadas em laboratório onde recebem um revestimento de pequenas partículas magnéticas.

Cinco anos

Essas nano-partículas já são aprovadas nos EUA, onde são usadas frequentemente para tornar exames mais claros.

Campos magnéticos moveriam então as células pelo corpo até o local desejado e as acionaria, sem necessidade de drogas.

"O objetivo é reparar a cartilagem e o osso. Conseguimos construir ossos novos em camundongos, experimentaremos agora em gansos", disse um dos responsáveis pela pesquisa, Al Haj.

"Devemos estar testando em seres humanos dentro de cinco anos", diz ele.

Notícias relacionadas